O que levar para a maternidade

Por Heloisa Sundfeld (*)

 Está chegando à hora do bebê nascer, ai começa a grande dúvida: o que levar para a maternidade. Na realidade, não é apenas a mala do bebê que deve ser planejada, mas também a da mamãe e do papai, que poderá dormir na maternidade.

 Olhamos todo o enxoval e, a cada momento, escolhemos esse e aquele conjunto até nos darmos conta de que já separamos uma quantidade enorme de roupas. Existem alguns erros que, às vezes, as mães de primeira viagem cometem. Entre eles, está levar roupinhas lindas, mas em tamanho não compatível com o de um recém nascido; além de esquecerem de evitar camisolas muito decotadas, transparentes ou muito curtas. A recomendação básica é que a mãe seja discreta e use sempre um robe em tecido encorpado.

 

 Em geral, as maternidades oferecem uma lista com o que é necessário levar, mas se não for fornecida, é necessário observar alguns pontos como, por exemplo, quantos dias serão passados na maternidade; quantas vezes o nenê é trocado por dia; a previsão do tempo, se fará calor ou frio; e a necessidade de levar roupa social. Normalmente, fica-se na maternidade por três dias. É interessante, no entanto, preparar o enxoval para dois para um total de cinco dias, considerando que podem ocorrer alguns imprevistos.

Se o bebê nascer durante o verão, alguns itens são imprescindíveis no enxoval. Dentre eles, três a cinco macacões com pezinho de malha; três a cinco bodies; três a cinco camisinhas pagão de cambraia; três pares de meias; três casaquinhos de malha; gorro;  três mantas leves ou xale combinando com os macacões; fraldinhas de boca para a hora de mamar; um conjunto completo macacão, camisa pagão e xale para sair da maternidade; e três a cinco saquinhos para colocar as roupas sujas, que serão levadas para lavar.

No inverno, a mãe deve ficar atenta e levar para a maternidade três mantas combinando com os macacões; três a cinco macacões de plush ou lã; três a cinco camisinhas pagão de malha; três a cinco bodies; três pares de meia ou sapatinho de lã; três casaquinhos de lã; fraldinhas de boca para à hora de mamar. Além disso, também é interessante levar um conjunto completo macacão, camisa pagão e xale para sair da maternidade, assim como de três a cinco saquinhos para colocar roupa suja.

 As roupas deverão ser separadas em conjuntos, sendo um para cada dia, e colocadas preferivelmente em embalagens específicas para maternidade, encontradas em lojas especializadas. Essa é uma maneira muito prática, pois, todos os dias, é só pegar a embalagem e entregar para a enfermeira, que levará para o berçário e devolverá as roupas sujas, que serão colocadas nos sacos para roupa usada.

Para o enxoval da mãe, é imprescindível levar os últimos resultados dos exames efetuados durante a gravidez, os documentos pessoais, carteira do plano de saúde, produtos de higiene pessoal, duas a três roupas de dormir, dois ou três soutiens de amamentação, um par de chinelos confortáveis, seis calcinhas, um robe, um par de meias de algodão (soquete), pois muitas vezes a mãe sente frios nos pés devido à anestesia, absorventes e roupa confortável para a saída da maternidade. Para o pai, um chinelo, um pijama, três camisas, duas calças, meias e cuecas, objetos de higiene.

Além deste, alguns outros itens também não podem faltar, enfeite de porta, lembrancinhas, filmadora ou câmera fotográfica, agenda de telefone, guloseimas para visitas, como uma lata com biscoito, por exemplo. Essa é uma lista básica de objetos para maternidade que deve ser adaptada as características pessoais de cada mãe.

 Planeje tudo com antecedência, para que, no momento certo, esteja tudo pronto. Esta é uma lista básica de objetos para maternidade, que deve ser adaptada às características pessoais de cada mãe. O ideal é a mala da mãe e do bebê estejam prontas a partir do sétimo mês, porque depois dessa data sempre existe a possibilidade do nenê nascer antes do dia previsto.

 Tenha anotado em local visível o nome e telefone do médico, nome e endereço da maternidade, assim como o número de telefone de um ponto de táxi perto de sua casa, pois na eventualidade de não haver alguém com carro que possa levá-la, o melhor é chamar um táxi. Seja prática não entre em pânico.

 

(*) Heloisa Sundfeld é professora e consultora pessoal da Help Personal Assistant (www.personalassistant.com.br

 

Contato

Sample Image

Komunica Assessoria de Imprensa

Tel: (019) 3032 5494
Cel: (019) 9.8876.5178
Rua Barreto Leme, 1818/Térreo
Cambui - Campinas/Sp. 13025-085

Você está aqui: Início Clientes Releases Help Personal Assistant O que levar para a maternidade